ENTREVISTA

PhaZer

PhaZer

PhaZer é uma banda Portuguesa de rock, nascida em Junho de 2004. Os fundadores são: Henrique Martins (baixo), Miguel Martinho (bateria), Gil Neto (guitarra) e Miranda (voz). O quarteto compõe suas primeiras canções no último semestre de 2004, permitindo que a banda execute seus primeiros seis concertos na primeira metade de 2005. Esta mini-tour denominada como “Beta-Tour” permitiu a apresentação “beta” das suas primeiras canções às audiências da música rock de Lisboa. Na segunda metade de 2005, a banda entrou nos estúdios Namouche, em Lisboa, onde gravaram e produziram com Quim Monte e Fred Stone o EP Revelations. Em Outubro 2005, o baterista Miguel Martinho deixou a banda por razões pessoais, sendo o seu lugar preenchido por Alex. No início de 2006, os PhaZer efectuaram uma tournée nacional, a «Revelations Tour»» com vista à preparação do respectivo álbum agendado para Junho de 2006. Em maio 2006, o drummer Alex deixou a banda devido às diferenças musicais com o resto do grupo. Em Junho 2006, os PhaZer lançaram “Revelations”, o seu primeiro álbum no formato EP como uma edição de autor. Em agosto de 2006, Miguel Fernandes assume o lugar de baterista da banda, fechando a formação como se encontra na actualidade.
O Inside esteve com os PhaZer, onde nos contaram um pouco sobre a sua história.


Inside: qual o vosso objectivo como banda?
PhaZer: Bom, assim de repente é meio difícil responder, acho que não temos um grande objectivo claramente definido, porque nunca sabemos o dia de amanhã. Talvez a gravação de um disco. Mas não os podemos esquecer do objectivo como banda, que é o de criar sensações, fazer música, atingir todos aqueles que nos ouvem ou poderão ouvir.

Inside: Está na altura de falar das influências (risos)
PhaZer: (risos) ui! Isso é meio complicado. Tantas, desde os nossos tempos de garagem a tocar Pantera, Metallica e Dream Theater, à música clássica.

Inside: Mas afirmam-se claramente como uma banda de Rock?
PhaZer: Claro, somos acima de tudo uma banda de rock, com várias influências, no sentido em que cada um de nós temos uma vivência musical diferente, mas funcionamos muito bem como um todo.

Inside: O alvo da vossa música?
PhaZer: O Rock à partida é consumido pelas camadas jovens, mas nós pretendemos chegar a todas as idades. Nós gostamos de dar uma grande ênfase aos nossos espectáculos, e não apenas aos trabalhos gravados.

Inside: A Divulgação. Quais os vossos meios preferidos? O que esperam?
PhaZer: Bom, nós damos importância ao suporte, o CD, mas também estamos atentos a outras formas de divulgação; a internet por exemplo, temos o nosso MySpace ®, temos fóruns de discussão, blogues, e-mails, o nosso site! Claro que também gostaríamos de ouvir a nossa música a passar nas rádios, apesar da concorrência estrangeira ser difícil…muito difícil. E claro está, temos os nossos concertos, que são um excelente espectáculo, muito animados, e temos em vista alguns festivais.

Inside: O público é receptivo aos vossos espectáculos?
PhaZer: Extremamente! Por onde passamos penso que deixamos o nosso cunho, o nosso momento, a nossa actuação. Como já tinha dito, o que queremos é atingir como um raio (PhaZer) as pessoas que nos ouvem, e penso que até agora o processo está a realizar-se perfeitamente.

Inside: Qual o vosso cunho, em termos de sonoridades? Já sabemos que o grupo, como todos não deixa de ser uma fusão de experiências pessoais e individuais, mas se tivermos que apontar uma característica do vosso som, o que dizer?
PhaZer: Bom, estamos a falar de Rock, este domínio é bastante amplo, mas no nosso caso, penso que as linhas da guitarra, com uma vertente clássica são um ponto que nos identifica. Procuramos sempre ter um trabalho com qualidade, tendo em conta o colectivo da banda.

Inside: Próximo trabalho, alguma coisa na manga?
PhaZer: Sim, já temos matéria para trabalharmos num próximo álbum, estamos agora virados para a nossa Revelations Tour, que já anda pela estrada, e esperamos que a receptividade que até agora alcançámos se mantenha, estamos muito contentes com a adesão do público.


Inside: Muito obrigado pela vossa participação, estivemos na Redacção a ouvir o vosso trabalho, acreditamos mesmo que vão ter um grande futuro no panorama musical português, deixamos aos nossos leitores algumas informações, para poderem conhecer um pouco mais de vocês, e em breve iremos efectuar um passatempo; temos alguns CDS para oferecer.
Poderão ter acesso a mais informações sobre esta banda em http://www.gophazer.com , não percam, brevemente teremos novidades sobre os PhaZer.




Autor: Paulo Cardoso Ribeiro
Data: Abril de 2007



COMENTÁRIOS

Visite-nos no FacebookVisite-nos no Twitter

Entrevista

stonerage pronto

STONERAGE - prontos a “rockar” o país!!!


ler mais

Votação

Acreditas nas aparições de FATIMA ?!
e concordas com a Canonização dos pastorinhos JACINTA e FRANCISCO