Musica

Capicua e Moonspell

brilham na FIL Guadalajara 2018

CAPICUA & MULHERES DA LUSOFONIA MOONSPELL

MÉXICO • FIL GUADALARAJA 2018
Portugal foi o país convidado da Feira do Livro de Guadalajara, no México – FIL Guadalajara 2018. CAPICUA & MULHERES DA LUSOFONIA (com Sara Tavares e Eva Rap Diva) e a banda de heavy metal MOONSPELL foram duas das propostas musicais que mais marcaram a semana de espetáculos em português no Foro FIL, com capacidade para cerca de 3000 pessoas.

Capicua convidou Sara Tavares e Eva Rap Diva e juntas com M7 (MC), D-One (dj), Virtus (programações) e Ivo Costa (bateria) prepararam um espetáculo baseado na colaboração entre as várias vozes, os vários sotaques e as várias linguagens que se fundem na universalidade da música, da língua portuguesa e dessa riqueza maior que é a mistura. Diversidade e lusofonia representadas por três mulheres poderosas, numa sinergia perfeita que tornou vinte e quatro horas de chuva ininterrupta e de frio, numa noite quente com o público mexicano rendido ao som, à palavra e à sua garra.
O espetáculo contou ainda com a participação do artista plástico Vitor Ferreira que, em palco, junto aos músicos, desenhou ao vivo cada tema que foi sendo interpretado, tendo o seu trabalho sido muito elogiado por vários editores de livros presentes no espetáculo.
Na sua estada no México, Capicua participou no programa da TVI, Governo Sombra, como ministra da Medusa, abordando a questão da violência doméstica contra as mulheres; e ainda numa entrevista à Lusa, anunciou que este seria o seu último concerto antes da pausa para a maternidade e falou do seu próximo disco que será mais solar e dançável e que tem edição prevista em 2019.
Capicua regressará aos concertos em Maio de 2019.

Moonspell fez história na FIL Guadalajara por, em 32 anos desta, ser a primeira banda de heavy metal a atuar no Foro FIL (cuja lotação esgotou), onde apresentou o seu mais recente disco em português e que retrata o Terramoto de Lisboa - 1755 – e ainda alguns dos maiores êxitos da sua já longa carreira e que o público mexicano tão bem conhece! Escusado será dizer que a terra tremeu em Guadalajara ao som dos Moonspell e que a noite foi apoteótica!
A passagem da banda pela FIL Guadalajara integrou ainda uma conferência de Fernando Ribeiro (vocalista e responsável pelas letras), no Pavilhão de Portugal, sobre Fernando Pessoa - ÓPIO, desejo ou vaidade - bem como a apresentação da biografia de Moonspell – Lobos que foram homens (Lobos que dueron hombres) - do jornalista Ricardo S.Amorim , traduzida para espanhol por dois fãs mexicanos do grupo, com edição da Alma Mater Books (do próprio Fernando Ribeiro). A biografia foi apresentada na maior sala da FIL, com casa cheia e pela mão do amigo e grande escritor José Luís Peixoto, muito admirado pelos leitores mexicanos.
De Guadalajara, os Moonspell rumaram à Cidade do México, onde atuaram na LUNARIO DEL AUDITÓRIO NACIONAL CDMX, com lotação esgotada e na certeza de que o seu regresso será para muito breve.
Os Moonspell entram agora em férias merecidas para de seguida começarem a trabalhar num novo disco.
O regresso aos concertos está previsto a partir de Abril de 2019.

NOTÍCIAS
CAPICUA


RÁDIO IBERO 90.9

"Capicua, una de las Mc’s más relevantes de la escena portuguesa se ha revelado a los estándares de sus contemporáneos y ha regresado su rima a los orígenes: la poesía. Así nos lo demostró al comenzar su show en el foro de la Expo Guadalajara, pues dio rienda suelta a canciones de sus primeros mixtapes hasta su último álbum Medusa, donde invitó al escenario a la mítica belleza de Sara Tavares, cantante lusa de origen caboverdiano que empezó su carrera en la década de los 90 logrando gran éxito en Europa y África. (...)"

[LER MAIS]



FIL GUADALARAJA

"El rap o el hip-hop no representan estilos que de manera forzosa tienen que estar vinculados al pandillerismo o a la violencia. Desde la postura del “yo lo puedo todo”, conservando esa actitud inherente al lenguaje de la calle, pero con una visión más comprometida con los derechos de la mujer y privilegiando un discurso de libertad, Capicua, Sara Tavares y Eva RapDiva ofrecieron un concierto dentro de la Feria Internacional del Libro de Guadalajara, una velada de mucho flow, que dio continuidad a las sesiones musicales del Foro FIL, pero que, además, dejó en claro que estas chicas son algo verdaderamente serio al momento de pararse en el escenario.(...)"

[LER MAIS]



RÁDIO CIDADE

"A rapper apresentou na quarta-feira o concerto inédito "Capicua & mulheres da lusofonia", com a cantora Sara Tavares e Eva Rap Diva, numa mistura de estilos e sotaques em torno da língua portuguesa. Este foi o último concerto de 2018, antes de fazer uma pausa para a maternidade, e Capicua juntou no palco da feira a música urbana que se faz na lusofonia e só com mulheres. "É um 'statement' por si só".(...)"

[LER MAIS]



------


MOONSPELL


INFORMADOR

"Potencia pura son las palabras que definen la presentación del quinteto portugués Moonspell, dentro del programa de Portugal como invitado de honor de la FIL. El audio del foro anunció la particularidad de este concierto: fue el primero de metal en 32 años de feria. El grupo estaría a la altura, al dar un espectáculo vibrante frente a los tres mil asistentes que llenaron el lugar.(...)"

[LER MAIS]



PÚBLICO

"Tocar é o que os Moonspell fazem melhor, mas durante estes dias em Guadalajara, onde, este sábado à noite, deram um concerto gratuito, ao ar livre, na Feira Internacional do Livro (FIL) desta cidade mexicana, conseguiram aquilo que a maioria dos escritores portugueses durante estes dias não conseguiram, excepção feita para António Lobo Antunes: encher com fãs e leitores uma gigantesca sala da gigantesca FIL (...)"

[LER MAIS]



RÁDIO RENASCENÇA

"Têm uma legião de fãs no México. Os portugueses Moonspell foram responsáveis por uma das maiores enchentes no espaço de concertos da Feira do Livro de Guadalajara. Os fãs da banda encarregaram-se também de traduzir para espanhol a biografia que está á venda no México. Em entrevista à Renascença, o vocalista da banda portuguesa explica a sua ligação á literatura, a paixão por Fernando Pessoa e como se sente em casa numa feira do livro.(...)"


Autor: inside
Data: 06/12/18


COMENTÁRIOS