Eventos Sociais

CONFIRMADOS NO VODAFONE PAREDES DE COURA

TIMBER TIMBRE, FORMATION, JAMBINAI E TOULOUSE

Timber Timbre, Formation, Jambinai e Toulouse têm presença marcada na celebração dos 25 anos do Vodafone Paredes de Coura. De 16 a 19 de Agosto.

as novas confirmações juntam-se a Foals, At the Drive-In, Nick Murphy (Chet Faker), Beach House, Future Islands, King Krule, Benjamin Clementine, BadBadNotGood, Foxygen, !!! (Chk Chk Chk), Ty Segall, Car Seat Headrest, Beak>, Ho99o9, Sunflower Bean, Manel Cruz, Moon Duo, Young Fathers, Andy Shauf, Mão Morta e You Can’t Win Charlie Brown.
O folk e os blues chegam ao Vodafone Paredes de Coura envoltos em mistério e escuridão pela mão dos canadianos Timber Timbre. O trio, que tem tanto de gótico como de indie, chegou a lançar dois álbuns sem editora, antes do trabalho homónimo (2009) e de “Creep on Creepin' On” (2011) lhes garantirem o nome nas listas do Polaris Prize. O ano seguinte foi marcado por inúmeras datas ao vivo, antes de regressarem a estúdio para preparar "Hot Dreams", o álbum de 2014 que incluiu influências de soul vintage e lhes garantiu uma nomeação para os JUNO Awards. Este ano, a sonoridade assombrada – e assombrosa – dos canadianos está de volta em "Sincerely, Future Pollution." O álbum, que será lançado a 7 de Abril, passeia por paisagens sombrias e distópicas inspiradas no caos e agitação política dos dias de hoje.
Igualmente reflexo do mundo actual é “Look at the Powerful People”, o álbum de estreia de Formation. A banda inglesa saiu da cabeça dos gémeos Will e Matt Ritson que, rapidamente, recrutaram Jonny Tams, Sasha Lewis e Kai Akinde-Hummel. O grupo juntou-se em 2013, no sul de Londres e, depois de dois EPs e de actuações ao vivo, que incluíram uma tour europeia com Foals, chegou “Under the Tracks”, o EP que lhes permitiu terminar 2015 com uma nomeação para Best New Artist dos prémios NME. Ao Vodafone Paredes de Coura trazem o antecipado “Look at the Powerful People” e a sua mensagem de medo e esperança.
Da Coreia do Sul os Jambinai trazem criações melódicas únicas e inauditas no cenário musical de um país inundado pelo K-pop. A banda combina instrumentos tradicionais, com séculos de história, com elementos de metal e música electrónica, numa estética alternativa e contemporânea que lhes valeu o reconhecimento da crítica especializada um pouco por todo o mundo. Depois de se conhecerem, em 2009, e do lançamento de um EP homónimo em 2010, o primeiro álbum “Différance” (2012) foi aclamado pela sua intensidade. Os anos seguintes incluíram algumas nomeações para prémios e os primeiros passos fora na Coreia antes de, em 2016, chegarem com “A Hermitage”. O registo aborda temas mais sombrios e actuais numa mistura complexa de sons que se reflecte em actuações intensas como a que a banda-fenómeno faz prever para o Vodafone Paredes de Coura.
Os portugueses Toulouse estrearam-se em cassete em 2015, antes de, no final do ano passado, terem editado o álbum “Yuhng”. O registo é uma evolução natural da banda e comprova o talento para o pop melódico do quarteto de Guimarães. Pelo meio, conta-se a passagem por vários festivais nacionais e a possibilidade de tocarem com artistas de renome, como os TOY. A espontaneidade das primeiras melodias deu lugar a escolhas mais planeadas e, com o desejo expresso de continuar a tocar o máximo possível, o grupo chega ao Vodafone Paredes de Coura pronto a fazer sonhar.
Os passes gerais para a 25ª edição do festival podem ser adquiridos no site oficial do festival e ainda em BOL.pt, Ticketea, Festicket e locais habituais (FNAC, CTT, El Corte Inglés, Worten,...) pelo preço de 90€.

Autor: ilda pires
Data: 06/04/17


COMENTÁRIOS