António Pinto Basto e Sara Paixão em noite de Fado no Casino Estoril

Com entrada livre, a 11 de Dezembro

Em noite de fado no Casino Estoril, agendada para a próxima Quarta-Feira, 11 de Dezembro, pelas 22 horas, António Pinto Basto e Sara Paixão sobem ao palco do Lounge D acompanhados por Diogo Lucena Quadros na guitarra, Luís Roquette na viola e Francisco Gaspar na viola baixo. A entrada é livre.

António Pinto Basto
António Pinto Basto cedo demonstrou grande gosto pela música, em particular pelos cantos tradicionais e pelo Fado. Até 1988 assumiu não gravar, aproveitando para amadurecer sem deixar de se apresentar em público, em Portugal e no estrangeiro. Em 1988, gravou o seu primeiro LP “Rosa Branca”, com êxito imediato e coroado por uma digressão de mais de 120 concertos. Nos anos seguintes, foi convidado para ser solista numa digressão da Orquestra Chinesa de Macau em Portugal e gravou vários álbuns. Fundou em 2004 o grupo Quatro Cantos, com Maria Armanda, José da Câmara e Teresa Tapadas. E, em Dezembro de 2007, “Bodas de Coral” marcou o seu retorno à linha de Fado tradicional.

Sara Paixão
Nascida em Lisboa, em 1991, Sara Paixão, descobriu o fado durante a adolescência através de Amália Rodrigues. Sentiu-se conquistada por este estilo que caracteriza de “único” e começou a dar-lhe voz.

Sara Paixão não tinha cantado nem experimentado nenhum outro estilo musical em concreto e foi no fado que se descobriu. Após aprovação familiar a jovem iniciou o seu percurso artístico em concursos de Fado Amador. Garantiu o pódio nos concursos de Loulé, Portimão e venceu, em 2011, o “Concurso de Fado Vadio” da cidade de Olhão.

O acesso ao Casino Estoril é livre, sendo que a partir das 22 horas, é para maiores de 14 anos, e maiores de 10 anos acompanhados pelos pais. Nas áreas de Jogo é para maiores de 18 anos.