Exposição de cerâmica de Carolina Garfo em destaque na Galeria de Arte do Casino Lisboa

Com entrada livre, até ao próximo dia 13 de Outubro

O Casino Lisboa acolhe, até ao próximo dia 13 de Outubro, a exposição de cerâmica “Ponto Amarelo” da autoria de Carolina Garfo. Sob a curadoria de Ana Maria Catarino-Doria, esta original mostra individual, de 15 esculturas, poderá ser contemplada na Galeria de Arte. A entrada é livre.

Carolina Garfo é uma talentosa escultora e ceramista, originária de Paradela, Trás-os-Montes, que tem uma vasta experiência trabalhando com argila e cerâmica. Sua imaginação vívida permitiu-lhe transformar e moldar argila em animais como personagens com características humanas. Personagens que assumem traços peculiares, um tanto grotescos, mas curiosos, que nos lembram humanos, animais, monstros e criaturas fantásticas e muitas vezes macabras do pintor holandês Hieronymus Bosch.

Ponto Amarelo é um universo dentro do universo; é um estado dentro deste universo. Para onde vão os plásticos, o que lhes acontece e onde acabam. Esse estado começa a criar o seu próprio ambiente único, uma espécie autônoma, resultado da evolução natural ou seleção artificial. Essa mutação de espécie é o resultado das influências, ações, abuso e dominação do planeta pela humanidade. Acabamos para transportar o planeta para fora de seus limites naturais?

Nesta exposição, a artista criou uma ilha de quinze esculturas que compõem sete mini-universos. Cada um representa espécies diferentes em diferentes estágios de evolução. Alguns em metamorfose e outros protegidos por seres humanos. É uma ponte entre a realidade e sua própria imaginação das mudanças pelas quais nosso ambiente está a atravessar nesta época do antropocentrismo. Como Hieronymus Bosch, Carolina Garfo, a expressão de um submundo por meio de suas obras é um lembrete vívido de que o homem é a principal causa da mudança planetária.

Curadora – Ana Maria Catarino Doria

Notas biográficas de Carolina Garfo
Biografia
Já sem dentes de leite, Carolina Carvalho licenciou-se em Escultura nas Belas Artes em Lisboa (2015). Nascida em Paradela, Trás-os-Montes, passarinhou por vários sítios, mas com os olhos virados “Para de Lá dos Montes” voltou a repousar no primeiro ninho. No Atelier Arte da Terra, solidifica o contacto com a cerâmica juntamente com os pais, ao mesmo tempo que constrói e ramifica projectos ligados às pessoas e tradições locais.

Cerâmica
O barro é a matéria que desde sempre esteve ao seu alcance. Nos últimos anos, cada vez com mais força, é a cerâmica que dá forma ao seu imaginário escultórico. As suas criaturas imaginárias são transformadas ao longo da modelação quando as mãos e o barro se juntam, criando personagens animalescas, por vezes com elementos humanos, dando preferência às dentaduras. Há quem considere as criaturas fabulásticas, horrendas ou grotescas. Sempre com a possibilidade de nos identificarmos e nos sentirmos familiarizados com elas.

Notas Biográficas da curadora Ana Maria Catarino Doria
Ana Maria Catarino Doria é licenciada em arqueologia pela Universidade de Londres (University College of London). Tem uma vasta experiência nas áreas de museologia e curadoria, tendo trabalhado no Metropolitan Museum of Art, Nova Iorque e no Departamento de Informação Pública das Nações Unidas, também em Nova Iorque. Foi Vice-Directora do Museu de Macau durante uma década e, presentemente, é responsável pela Galeria de Arte e Animação Cultural do Casino Lisboa, tendo sido curadora de mais de 80 exposições.

A Galeria de Arte do Casino Lisboa acolhe, até 13 de Outubro, a exposição de Cerâmica “Ponto Amarelo” da autoria de Carolina Garfo. Esta mostra individual está patente ao público, entre as 15 e as 3 horas da madrugada, excepto às Sextas-Feiras, Sábados e vésperas de feriados, cujo horário será das 16 às 4 horas da madrugada.

O acesso ao Casino Lisboa é livre, sendo que a partir das 22 horas, é para maiores de 14 anos, e maiores de 10 anos acompanhados pelos pais. Nas áreas de Jogo é para maiores de 18 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *