MARINHO NOVO SINGLE + DISCO + CONCERTO ZDB

 

Marinho lança novo single, “Freckles”, em antecipação do álbum de estreia “~” (ler til ou tilde em inglês), que será editado a 18 de Outubro pela Street Mission Records e distribuído pela [PIAS]. O concerto de apresentação acontece a 24 do mesmo mês na Galeria Zé dos Bois em Lisboa.

“Freckles foi a canção do disco mais difícil de gravar em estúdio mas ao mesmo tempo a mais recompensadora.”, diz-nos Marinho. “Nasceu a partir de uma linha de baixo que esteve na minha cabeça durante anos. É também uma canção muito pessoal sobre compreender o que é crescer com pessoas que não têm maturidade suficiente para educar crianças, revisitar momentos da infância, sentindo-me, em consequência, emocionalmente fragilizada. Fico particularmente vulnerável e exposta quando canto no final da música, ‘Dad pushes everyone away, Mom pulled away from everyone, And life is like a tilde sign with ups and downs, not a straight line.'”

Gravado no Black Sheep Studios e masterizado por Philip Shaw Bova (Father John Misty, Marlon Williams, Feist, Andy Shauf), “~” é construído a partir da simplicidade das raízes da música folk norte-americana e inspirado em ricas texturas cinematográficas. O primeiro single, “Ghost Notes”, lançado no início deste ano, foi um sucesso com forte impacto nas rádios e em playlists do Spotify ou Apple Music. O segundo single, “Window Pain”, teve estreia na VICE Portugal e deu continuidade ao bom momento de Marinho, inclusive ao vivo, tendo realizado inúmeros concertos durante a Primavera e o Verão.

(alinhamento do álbum)
1. Intro
2. I Give Up and It’s Ok
3. Ghost Notes
4. Not You (ft. Monday)
5. Window Pain
6. Joni
7. Freckles
8. Outro

Composição por Filipa Marinho
Gravado e misturado no Black Sheep Studios
Masterizado por Philip Shaw Bova
Vozes e guitarra acústica por Filipa Marinho
Guitarra eléctrica, acústica e baixo por Guilherme Marinho
Bateria por Diogo Sousa
Teclas por Francisco Dias Pereira
Percussões por Carlos ‘BB’ António

● ● ●
Marinho nasceu em Lisboa e cresceu em frente à televisão. Teve desde cedo muita exposição a desenhos animados americanos e aos filmes de meados dos anos 90, o que resultou numa crescente intimidade com a perspectiva de Hollywood sobre o amor, relações e natureza humana no geral. Agora, como jovem adulta, ela tenta compreender aquilo que existe entre expectativas romantizadas em demasia e a vida real fora de sitcoms. As resoluções surgem na forma de canções de folk-rock alternativa, que escreveu e colecionou ao longo dos anos e que resultam neste seu primeiro disco.

● ● ●
“Beleza em estado puro.” in Vice

“Marinho pens a beautifully poetic web of intimate upheaval… Graceful in her introspection and colorful in her candor… with stirring confidence and humble charm.” in Atwood Magazine

“É através da simplicidade do indie folk do single Ghost Notes que se apresenta ao mundo a cantora e compositora Marinho.” in Bodyspace.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *