MÁRIO PATRÃO DESOLADO no Rali Dakar

Depois do dia de descanso que ontem teve lugar em Riyadh, capital da Arábia Saudita, arrancou hoje a segunda parte do Rali Dakar.
Foi a sétima e mais longa etapa do Rali Dakar 2020.
À chegada e em lágrimas Mário Patrão declarou: não há palavras que possam descrever aquilo que sinto.

Por trás destas competições estão as nossas vidas e sempre com um enorme sofrimento. Mas hoje esta realidade dói mais e abala-nos a todos, perdemos um grande Amigo, um excelente ser humano e um Piloto incrível. Colocamos tudo em causa. Os meus sentimentos a toda a família. Não consigo sequer assimilar que isto sucedeu. Uma coisa é certa o Paulo será sempre o nosso Speedy Gonçalves e os seus feitos nunca irão desaparecer.

Amanhã, não será disputada a oitava etapa, em honra e por respeito ao que sucedeu ao Paulo Gonçalves.

Mais informações sobre a prova em: https://www.dakar.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *