Neal em entrevista

 

Neal

NEAL EM ENTREVISTA – INSIDE

INSIDE
1) Onde e quando começou o teu gosto pela música?
NEAL
Desde criança a música foi sempre uma paixão. Nasci e cresci no Canada (Toronto) e desde a minha infância sempre procurei estar envolvido e participar nas atividades escolares relacionadas com arte, em especial as áreas de música e representação. Ouvir música dos meus ídolos e bandas preferidas da época era algo que me preenchia e me fascinava.
INSIDE
2) Com que tipo de música te identificas mais e quais os ritmos escolhidos para o teu repertório?
NEAL
Hoje em dia sem sombra de dúvida que os ritmos latinos são a minha identidade, mas não foi sempre assim. Os meus gostos musicais passaram pelo Pop e o Rock, fruto da cultura anglo-saxónica do Canada que foram os estilos musicais que me habituei a ouvir e apreciar desde criança.
Com o passar do tempo e com a minha vinda para Portugal fui ouvindo e absorvendo outros estilos e naturalmente fui crescendo e criando a minha própria personalidade artística em torno da música latina que até aos dias de hoje é sem dúvida o estilo musical que mais me cativa e me influência. Sou um artista latino e não me vejo de outra forma.Os ritmos latinos são a base do meu trabalho com destaque para o reggaeton neste CD.
INSIDE
3)Porquê cantar em Castelhano? e para quando temas em Português?
NEAL
Desde muito novo que a língua espanhola me atrai. Me encanta cantar en castelhano. O meu pai por exemplo que gosta imenso de cantar tinha como ídolos: O Pedro Infante, Vicente Fernandez entre outros artistas Latino-americanos e isso também me influenciou. Aquela sonoridade foi fazendo parte de mim.
Mas acima de tudo não vejo a música latina dissociada do Castelhano. É aí que atinge o sentimento e a expressão máxima. Como também não vejo o Fado dissociado do Português.
Mas este CD não será só em castelhano, haverá algumas surpresas com temas em Português em registo Afro-latino. Não posso esquecer que estou a cantar para o mercado português. É em Portugal que eu moro e tenho esse compromisso para com o público português.
INSIDE
4) Quantos temas já tens da tua autoria e quantos singles gravados ?
NEAL
Entre temas do meu anterior álbum e este álbum que está quase concluído são cerca de 15 temas gravados com letra da minha autoria.
INSIDE
5) Quais os teus objetivos para o futuro no mundo da música ?! e se está nos teus planos uma carreira internacional?
NEAL
Sinceramente o meu objetivo principal enquanto cantor é trazer alegria e animação para os meus ouvintes – enquanto o público estiver feliz, eu também estou. Encontro-me de momento em fase de gravações para lançar CD “Pecadito” , alguns dos temas do qual já têm contagiado com os seus ritmos calientes. Dar a conhecer a minha música em Portugal e não só é de facto um objetivo entusiasmante. Mesmo apesar de o CD ainda não estar nas montras, a minha equipa está empenhadíssima em construir a minha agenda de espetáculos em Portugal e além-fronteiras. Quanto a carreira internacional, a curto-médio prazo faz parte dos meus planos implementar a minha arte nos países como o Brasil, Espanha, França e outros países e comunidades portuguesas e latinas amantes do meu estilo musical.
INSIDE
6) Fala-nos um pouco do teu videoclip e de como foi feita a sua produção.
NEAL
O primeiro tema a ser lançado deste novo trabalho e com videoclip é o Magnitud 10 e conta com a participação da cantora Vaniny Alves.
É um clip ousado, bem caliente e estilo underground.
Curiosamente começou por chamar mais atenção e impacto em países como o Brasil, Moçambique e países Latino-americanos em geral.
Até ao momento vai já com mais de 1 milhão de visualizações. O videoclip teve uma produção e realização ambiciosa, uma vasta equipa com meios técnicos e humanos de topo. A qualidade de imagem é cinematográfica. Vale a pena ver 😉
INSIDE
7) Como estamos de espetáculos para este verão?
NEAL
A carreira de qualquer cantor tem várias fazes ao longo do ano. Existe sempre uma fase de criação: trabalho artístico e criativo de escrever letras e melodias instrumentais, gravar os temas e por fim ajusta-los em trabalho técnico para que fique perfeito. Numa segunda fase damos vida à música apresentando-a ao público. Aqui é importante aplicar-se na promoção para que os ouvintes a possam conhecer. Por último a música já criada e conhecida chega aos espetáculos. Estas três fases vão repetindo de forma infinita para criar o percurso de um cantor.
De momento encontro-me em fase de gravações de disco, que é resultado de trabalho de vários temas – esta é a minha prioridade. No entanto não deixo os meus fans ficar com saudades e vou aceitando alguns convites para entrevistas, presenças televisivas e espetáculos, mas não desligando do meu foco. Em breve passaremos à fase ativa de marcação de espetáculos a qual é da responsabilidade da minha equipa de booking, as datas dos quais podem ir acompanhando nas minhas redes sociais – fica o convite para aparecerem.
INSIDE
8) Sabemos que tens feito algumas participações televisivas e dando algumas entrevistas em rádios locais por esse Portugal fora por isso fala-nos um pouco dessa experiência e de que maneira tem sido a recetividade por parte do publico.
NEAL
É verdade. Tenho estado a promover os meus novos temas nas rádios e estações televisivas dentro da minha disponibilidade. Está a correr muito bem. Sem dúvida que o apoio e carinho por onde tenho passado tem sido enorme e estou muito agradecido pela forma como todos me têm tratado e recebido. Melhor era impossível. O que tenho a dizer é que será com enorme vontade e alegria que retribuirei com espetáculos por onde tenho passado. Podem contar comigo e a minha equipa. Estamos cá para isso. Vou continuar a promoção com mais entrevistas e programas de TV já em agenda.
INSIDE
9) Para terminar que projetos para o futuro e que novidades tens para nos dar?
NEAL
A primeira novidade a sair do forno será mesmo o Pecadito que tenho a certeza que irá motivar com as suas músicas a cometer muitos pecaditos..Alguns dos temas em castelhano já são conhecidos pelo público, mas a verdadeira surpresa será a apresentação dos temas em português. O nosso espetáculo também irá ser diferente este ano – para melhor claro! Pretendemos apostar numa produção maior. Para acompanhar as novidades que vão surgindo em tempo real é só seguir as minhas redes sociais.
A longo prazo continuarei a subir pelas escadas do sucesso procurando sempre produzir mais e melhor música , dando sempre o melhor de mim para todos aqueles que me seguem e apreciam o meu trabalho.
É esse o meu objetivo e compromisso

Obrigado Neal pela agradável e simpática entrevista.

Entrevista : Luis Meneses
Fotos : NEAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *