O Dia Mais Curto está a chegar!

Pelo sétimo ano consecutivo, Portugal celebra o Dia Mais Curto do ano com exibições  de curtas-metragens de norte a sul do país durante o mês de dezembro.

Todos os anos, entre 21 e 22 de dezembro, marca-se a chegada do inverno ao hemisfério norte do globo terrestre, resultando no Solstício de Inverno, que coincide com o dia mais curto do ano. Ora, sendo este o dia mais curto do ano, celebra-se, ao  mesmo tempo, a festa da curta-metragem. A ideia tem alcançado uma dimensão  internacional sendo, atualmente, celebrada em simultâneo em dezenas de países.
A Agência da Curta Metragem propõe programas distintos, para todas as idades e  públicos, com filmes portugueses ou internacionais, que serão exibidos de norte a sul  do país, incluindo as ilhas, com múltiplas sessões de cinema, consagrando assim a  diversidade deste formato nos mais variados lugares de projeção. cinemas, bibliotecas,
museus, televisões, transportes públicos, entre outros – em 28 localidades: Almada,  Amadora, Amarante, Aveiro, Barcelos, Braga, Caxias, Elvas, Faro, Guimarães, Leiria,  Lisboa, Lourinhã, Madalena (Pico), Maia, Odivelas, Ovar, Porto, Sardoal, Setúbal, Tavira, Tomar, Torres Vedras, Vila do Conde, Vila Nova de Famalicão, Vila Real, Vila
Verde e Viseu.
Para além dos programas propostos pela Agência da Curta Metragem, agrega-se  ainda a programação própria de várias associações ou cineclubes que aderiram ao  evento, sessões especiais para escolas, mas também a exibição televisiva ou online,  reforçando esta iniciativa inovadora que expande o acesso a uma forma diferente  de cinema.
Pluralidade de Locais Neste ciclo de cinema, que decorre desde o início de dezembro e culmina a 21 de  dezembro, desafiamos a criatividade dos programadores, pelo que as curtas-metragens serão exibidas em diferentes locais de projeção, dos mais tradicionais  aos mais inesperados. Para além das sessões em sala, O Dia Mais Curto vai ser  assinalado nos transportes públicos com exibições no Metro do Porto, nos aviões  de longo curso da Tap Air Portugal (TAP), em espaços culturais como o Museu  Nacional Dos Coches, num estabelecimento prisional e num centro educativo. À semelhança dos anos anteriores, O Dia Mais Curto também passará pela televisão,  com programas especiais na RTP2, Canal 180 e nos Canais TvCine & Séries, e pela  Internet, com sessões no site da Agência da Curta Metragem e na plataforma Filmin.
O Dia Mais Curto será também celebrado por alunos de diferentes graus de ensino e  em instituições de solidariedade social.

Diversidade de Programas

A Agência da Curta Metragem dispõe de cinco programas de curtas-metragens,  que incluem sessões para adultos e crianças, com filmes portugueses e estrangeiro,  de diferentes géneros, aos quais se juntam programações próprias das entidades que se associaram à iniciativa.
O programa “Curtas do Mundo” é uma sessão de curtas internacionais que dá a  conhecer várias visões do mundo nos dias de hoje. Cinco curtas-metragens de vários  pontos da europa, oferecem um olhar astuto e bem humorado sobre a sociedade  contemporânea. São histórias poéticas, repletas de humanismo mas também  atingidas por paranoias coletivas, onde se joga o confronto com o desconhecido e  formas de alienação contemporâneas.
Já a sessão “Novas Curtas Portuguesas” apresenta um conjunto de curtas- metragens nacionais que têm vindo a ser reconhecidas pela sua qualidade em  festivais de cinema de todo o mundo, revelando novos e talentosos cineastas.
Para assinalar vigésimo aniversário da Agência da Curta Metragem, as sessões  do programa “20 Anos da Agência” incluem alguns dos filmes mais importantes  destas duas décadas de actividade numa retrospectiva que é também uma viagem  à história da curta-metragem portuguesa.
A pensar nos mais novos, as sessões “Amiguinhos” e “Curtinhas para Todos”  apresentam pequenas histórias, oriundas de vários países, que abordam, de forma  lúdica, temas importantes.
Paralelamente a estes cinco programas, existirá também espaço para a programação mais particularizada, como é o caso dos “Programas Especiais”,  cujas sessões elaborado pela equipa de programação da Agência são dedicados
a uma temática específica ou realizador segundo o critérios da entidade exibidora.
Pretende-se que O Dia Mais Curto seja também um evento particular que suscite a  organização de exibições especiais de cinema. A agenda da 7ª edição d’O Dia Mais Curto está disponível em:
www.odiamaiscurto.curtas.pt
Os bilhetes, à venda nos locais das sessões, variam entre a entrada gratuita e os 5,00 euros.

ALMADA
AMADORA
AMARANTE
AVEIRO
BARCELOS
BRAGA
CAXIAS
E LVA S
FA RO
GUIMARÃES
LEIRIA
LISBOA
LOURINHÃ
MADALENA (PICO)
MAIA
ODIVELAS
OVA R
PORTO
SARDOAL
SETÚBAL
TAVIRA
TOMAR
TORRES VEDRAS
VILA DO CONDE
VILA NOVA DE FAMALICÃO
VILA REAL
VILA VERDE
VISEU

CURTAS DO MUNDO

(Duração 73’ · M/12)
De vários pontos da europa, cinco curtas-metragens oferecem um olhar astuto e
bem humorado sobre a sociedade contemporânea. São histórias poéticas, reple

tas de humanismo mas também atingidas por paranoias coletivas, onde se joga
o confronto com o desconhecido e formas de alienação contemporâneas.

O PAPAGAIO
Martin Smatana, República Checa·Eslováquia·Polónia
(2018, ANI, 13’)
As estações do ano sucedem-se como algo reconfortante e natural. Um avô oferece um papagaio ao seu neto para este brincar com o vento. Através da relação  entre os dois, aprendemos que a morte não é necessariamente o fim.
DOCE NOITE
Lia Bertels, Bélgica
(2018, ANI, 14’)
Nos Himalaias, um urso não consegue hibernar por pensar demais. Quando um  macaco lhe sugere comer mel para arejar as ideias, uma bela noite de inverno se  descerra cheia de poesia e filosofia. O urso descobre então um impressionante  mundo noturno invernal que nunca conheceu.
COMO PLANTAR UMA BANDEIRA
Bobbie Peers, Noruega·Islândia
(2018, FIC, 15’)
Dois astronautas americanos são enviados pela NASA à Islândia, sítio ideal devido às semelhanças com o ambiente lunar, no âmbito da preparação de uma  futura viagem à Lua. Apesar de toda a avançada tecnologia que possuem, deparam-se com o maior obstáculo do seu treino: um pastor.
A MINHA GERAÇÃO
Ludovic Houplain, França
(2018, ANI, 8’)
Depois de “Logorama”, os símbolos do mundo moderno voltam a ser aproveitados por Ludovic Houplain para um comentário corrosivo. Um passeio visto a partir  de um automóvel numa auto-estrada sem fim, leva-nos numa viagem a diversas  formas atuais de alienação da sociedade.

O PRESENTE DE NATAL
Bogdan Muresanu, Roménia
(2018, FIC, 23’)
Na véspera da sangrenta repressão do ditador Ceausescu na cidade de Timisoara, que representou o início do fim do regime, e a poucos dias do Natal, a inocência de uma criança coloca em perigo toda a sua família quando descobrem que o menino enviou uma carta ao Pai Natal com um desejo insólito.
NOVAS CURTAS PORTUGUESAS
(Duração 73’ · M/12)
A curta-metragem portuguesa tem estado nas bocas do mundo, colecionando  diversos e importantes prémios em prestigiados festivais de cinema, revelando  todos os anos novos e talentosos cineastas. Este programa dá a oportunidade  de conhecer algumas das pérolas mais recentes de autores internacionalmente  consagrados mas também de nomes promissores que se vão afirmando no cinema nacional.
ENTRE SOMBRAS
Mónica Santos, Alice Guimarães, Portugal·França
(2018, ANI, 13’)
Natália, refém de um trabalho entediante e repetitivo, envolve-se numa aventura  em busca de um coração roubado. Num mundo surreal onde os corações podem ser depositados num banco, a protagonista atravessa vários perigos que a conduzem a um dilema: dar o seu coração ou guardá-lo para si.
CIRCO DO AMOR
Miguel Clara Vasconcelos, Portugal·França
(2018, FIC, 20’)
Alberto vive com a sua Mãe numa urbanização onde também trabalha. Um dia, uma pequena companhia de circo instala-se perto da sua residência, perturbando o quotidiano de Alberto e despertando um desejo há muito adormecido de independência e liberdade.
TIO TOMÁS, A CONTABILIDADE DOS DIAS
Regina Pessoa, Portugal·Canadá·França
(2019, ANI, DOC, 13’)
A partir das memórias afectivas e visuais da infância de Regina Pessoa, o filme  aborda o relacionamento especial entre a cineasta e o seu tio. Esta cine-carta  comovedora, que revela como o seu tio excêntrico foi fundamental para esta se  tornar realizadora, é um tributo comovente a um poeta do quotidiano.

COMO FERNANDO PESSOA SALVOU PORTUGAL
Eugène Green, Portugal·França·Bélgica
(2018, FIC, 27’)
Retrato de um dos episódios mais célebres da carreira publicista de Álvaro de  Campos, heterónimo de Fernando Pessoa e autor do célebre slogan “Primeiro estranha-se, depois entranha-se” criado em 1927 para a entrada da Coca-Cola em  território português. O filme retrata a peripécia que enfureceu as autoridades do  Estado Novo e gerou a proibição da bebida que só iniciou a sua comercialização  em Portugal precisamente 50 anos depois.
AMIGUINHOS
(Duração 43’ · M/ 3)
A partir de uma selecção de filmes de vários países europeus escolhida pelo  Short Circuit – uma rede europeia de organismos que se dedicam à promoção e  divulgação de curtas-metragens – podemos descobrir diferentes encantamentos  do cinema. Histórias contadas em forma de caleidoscópio, fábulas sobre girinos e  sapos, viagens a ilhas longínquas, aventuras com lebres, cães e a Lua, são apenas  alguns exemplos do que a imaginação permite visitar neste programa.
UM HOMEM, OITO CÂMARAS
Naren Wilks, Reino Unido
(2015, EXP, 2’)
Um homem numa sala circular explora um fenómeno curioso: 8 versões de si  mesmo criam temporariamente um mundo simetricamente rotacional e caleidoscópico.
KUAP
Nils Hedinger, Suíça
(2018, ANI, 7’)
Um girino acaba por perder a oportunidade de se tornar num sapo e é deixado  para trás. Mas há muito a descobrir na lagoa e a primavera certamente voltará no  próximo ano.
ILHA
Max Mörtl, Robert Löbel, Alemanha
(2017, ANI, 2’)
Numa viagem exótica a uma ilha peculiar, escutamos os sons próprios deste  mundo fantástico, que ganha vida à medida que as criaturas que nela habitam  saem dos seus esconderijos.

CARACOL, O PINTOR
Manuela Vladi Maštruko, Croácia
(2018, ANI, 7’)
É uma visão curiosa e impressionante: os caracóis rastejam pelas manchas de  tinta e deixam para trás trilhos coloridos que se sobrepõem e misturam, criando  novas cores.
LUZES QUE PASSAM
Gediminas Siaulys, Lituânia
(2017, ANI, 11’)
A infeliz morte de uma lebre selvagem transforma-se numa experiência notável  para as crianças que a encontram. A vida da lebre termina através da união com  a natureza, mas renasce nas plantas e animais ao seu redor.
ABRAÇO DO VENTO
José Miguel Ribeiro, Portugal
(2004, ANI, 3’)
Num Mundo onde o ferro e a terra se fundem criando cidades inesperadas, o vento sopra a vida por entre as folhas num abraço duradouro, numa ilustração do  ciclo eterno do renascer.
O PÁSSARO E A BALEIA
Carol Freeman, Irlanda
(2018, ANI, 7’)
Depois de se afastar muito da família para explorar um naufrágio, uma jovem baleia acaba por descobrir que o seu único sobrevivente é um pássaro enjaulado.
Perdidos no mar, juntos esforçam-se para sobreviver.
LUA AZUL
Marsha Onderstijn, Holanda
(2014, ANI, 2’)
A noite parece ser um momento triste para a Lua, porque todos vão dormir, deixando-a sozinha. Porém há esperança, quando o Sol e os animais criam um plano para iluminar a vida da Lua.
TEKKOL
Jorn Leeuwerink, Holanda
(2016, ANI, 2’)
Um cão tenta o seu melhor para ajudar uma galinha e os seus pintainhos a atravessar o rio. Só que também deixa todo o tipo de animais passarem por cima de si.

CURTINHAS PARA TODOS
(Duração 56’ · M/6)
Este é um programa em parceria com a Zero em Comportamento. Uma  oportunidade para pais e crianças se divertirem com pequenos filmes  especialmente pensados para um público infantil, vindos das mais diversas
proveniências. Venha acompanhar os mais pequenos e deslumbre-se com os filmes, no que pode ser uma primeira ocasião para os mais novos descobrirem os  encantos do cinema.
PODES CONTAR SEMPRE COM O TEU PAI
Chenglin Xie, China
(2017, ANI, 6’)
Um maravilhoso filme sobre duas histórias paralelas: uma rapariga que tenta  dominar a arte do equilíbrio nas barras assimétricas, e o seu progresso desde a  mais pequena idade até à adolescência, mas esta é também a história da sua  relação com o pai, sempre ao seu lado.
OS TUMBLES E O MERGULHO
Patrick Raats, Holanda
(2013, ANI, 5’)
Com o bom tempo, chega a vontade de dar grandes mergulhos, de nadar e de  brincar com os nossos amigos. Os Tumblies também vão abraçar o verão e aproveitar ao máximo o tempo que têm juntos para grandes aventuras.
CORRIDA
Janis Cimermanis, Letónia
(2011, ANI, 7’)
Nesta tourada de praça em Madrid, o toureiro falha o seu plano para matar o touro. Numa reviravolta, o touro revoltado persegue-o por toda a parte, até chegar  uma equipa de resgate.
AS AVENTURAS DE MIRIAM: A INUNDAÇÃO
Riho Unt, Estónia
(2006, ANI, 5’)
Os pais não estão em casa e Miriam, o irmão mais novo e a galinha divertem-se  vendo patos a nadar, na televisão. A galinha fica invejosa e Miriam decide dar-lhe  um banho na banheira.
MIA
Wouter Bongaerts, Bélgica
(2013, ANI, 9’)
Mia é uma menina de sete anos que quer ajudar a sua mãe a libertar-se do excesso de trabalho numa cidade superpovoada. Durante a sua missão, ela descobre  os segredos que fazem o mundo girar.

A HISTÓRIA DO CÃO E DO GATO
Jesús Pérez, Gerd Gockell, Suíça·Alemanha
(2011, ANI, 7’)
Um filme sobre a amizade quando menos se espera, entre dois inimigos naturais. Não se pode forçar uma amizade, mas em tempos de emergência, tudo pode  acontecer – até descobrir um amigo.
MANCHA E MANCHINHAS: AS PINTURAS
Uzi Geffenblad, Lotta Geffenblad, Suécia
(2012, ANI, 7’)
Mancha e Manchinhas descascam batatas para o jantar, mas pelo meio decidem  usá-las para fazer um jornal verdadeiro. Há muitas notícias e imagens para fazer  e não há tempo a perder.
VIDA ANIMAL
Arthur van Merwijk, Holanda
(2012, ANI, 3’)
A paisagem idílica desta floresta parece o local perfeito para fotografar os animais no seu habitat natural, mas um caricato casal de viajantes parece passar ao  lado de tudo o que acontece à sua volta
.
RUMORES
Frits Standaert, Bélgica·França
(2011, ANI, 7’)
Desfrutando de uma bela tarde de Verão, três lebres dormem a sua sesta. Subitamente ouve-se um barulho por detrás dos arbustos. Em pânico, os roedores  começam a fugir, levando consigo os outros animais da selva. O que terá acontecido para fugirem assim?
20 ANOS AGÊNCIA
(Duração 79’ · M/12)
Desde a sua primeira edição, o projeto O DIA MAIS CURTO tem contemplado a  disponibilização de um programa dedicado particularmente à cinematografia  nacional contemporânea, que inclui os filmes mais recentes estreados em festivais internacionais. Este ano, para assinalar o vigésimo aniversário da Agência da Curta Metragem, reunimos alguns dos filmes mais importantes destas duas  décadas de actividade numa pequena retrospectiva que é também uma viagem  à história da curta-metragem portuguesa.
FULIGEM
Vasco Sá, David Doutel, Portugal
(2014, ANI, 14’)
É como fuligem que se deposita nas paredes da nossa cabeça. Não a vemos. Já faz parte. Depois de todo o tempo que ficou para trás, uma pergunta persistiu:

“Porque é que os comboios não paravam ali?”
AMÉLIA & DUARTE
Mónica Santos, Alice Guimarães, Portugal·Alemanha
(2015, ANI, 8’)
Nesta história, somos guiados através do relacionamento de duas pessoas que  se separaram e estão a aprender a lidar com os sentimentos que surgem depois  do final de uma relação. Uma caixa de arquivo e o seu conteúdo ajudam a ilustrar  a história deste romance.
HISTÓRIA TRÁGICA COM FINAL FELIZ
Regina Pessoa, Canadá·Portugal·França
(2005, ANI, 8’)
Há pessoas que, contra a sua vontade, são diferentes. Tudo o que desejam é serem iguais aos outros. Há quem passe o resto da sua vida lutando para conseguir isso, tentando abafar essa diferença. Porém, outros assumem-na e conseguem assim um lugar junto dos outros… no coração.
A BRIEF STORY OF PRINCESS X
Gabriel Abrantes, Portugal·Reino Unido·França
(2016, FIC, 7’)
Um retrato delirante e divertido da escultura Princess X de Constantin Brancusi,  uma controversa escultura em bronze, que começou como um busto da igualmente controversa sobrinha bisneta de Napoleão, Marie Bonaparte.
VIAGEM A CABO VERDE
José Miguel Ribeiro, Portugal
(2010, ANI, 17)
Sem telemóvel ou relógio e apenas com o essencial às costas, o protagonista  desta história atravessa Cabo Verde numa viagem onde descobre as montanhas,  o mar, a música, as cabras, a bruma seca, os cabo-verdianos e acima de tudo uma  parte essencial de si mesmo.
RAPACE
João Nicolau, Portugal
(2006, FIC, 25’)
Hugo passa os dias em casa, descansando a cabeça de intermináveis leituras de  autores pouco conhecidos. Para afugentar o sono da razão Hugo exercita a veia  lírica escrevendo com o amigo canções sobre o seu bairro. O plácido diletantismo  do protagonista é abalado por Catarina. Hugo está pelo beiço, fraqueja.

 

ALMADA
8/12 · Teatro-Estúdio António Assunção
11:00 | Amiguinhos
AMADORA
2/12 · Grande Auditório da ESTC
17:30 | 20 Anos Agência
AMARANTE
20/12 · Cinema Teixeira de Pascoaes
21:30 | Novas Curtas Portuguesas
AVEIRO
2/12 · Avenida Café-Concerto
22:00 | 20 Anos Agência
13/12 · VIC // Aveiro Arts House
09:00 | Amiguinhos
16/12
09:30 | Curtinhas Para Todos
18/12
21:30 | Novas Curtas Portugueses
BARCELOS
26/12 · Teatro Gil Vicente (Zoom Cineclube)
15:00 | Curtinhas Para Todos
21:30 | Novas Curtas Portuguesas
BRAGA
5/12 · Auditório da Casa dos Crivos (Cineclube Aurélio Paz dos Reis)
10:30 | Amiguinhos
15:00 | Curtinhas Para Todos
17:00 | Novas Curtas Portuguesas
6/12 · Auditório da Casa dos Crivos (Cineclube Aurélio Paz dos Reis)
10:30 | Amiguinhos
15:00 | Curtinhas Para Todos
17:00 | Curtas do Mundo
7/12 · Auditório da Casa dos Crivos (Cineclube Aurélio Paz dos Reis)
10:30 | Amiguinhos
15:00 | Curtinhas Para Todos
17:00 | 20 Anos Agência

CAXIAS
11/12 · Estabelecimento Prisional de Caxias
14:00| Programa Especial
E LVA S
21/12 · Bairro S. Pedro (Um Coletivo)
16:00 | Curtinhas Para Todos
FA RO
1/12 · Teatro Municipal de Faro
15:30 | Amiguinhos
20/12 · Auditório do IPDJ (Cineclube de Faro)
10:00 | Curtinhas Para Todos
14:30 | Curtinhas Para Todos
21/12 · Casa do Pai Natal
10:00 | Programa Especial
14:30 | Programa Especial
21/12 · Auditório do IPDJ (Cineclube de Faro)
21:30 | Programa Associado*
GUIMARÃES
18/12 · Sede do Cineclube de Guimarães (Shortcutz Guimarães)
22:00 | Curtas do Mundo
22/12 · Centro Cultural Vila Flor (Cineclube de Guimarães)
21:45 | Programa Especial
LEIRIA
16/12 · Teatro José Lúcio da Silva
10:30 | Amiguinhos
19/12 · Teatro José Lúcio da Silva
10:30 | Amiguinhos
LISBOA
4/12 · Escola Artística António Arroio
16:10 | Novas Curtas Portuguesas
7/12 · Auditório da Biblioteca dos Olivais
15:30 | Amiguinhos
7/12 · Auditório do Centro Cultural Dr. Afonso Rodrigues Pereira
15:00 | Amiguinhos
7/12 · Escola Artística António Arroio
10:15 | 20 Anos Agência
8/12 · Museu Nacional Dos Coches
11:00 | Amiguinhos
11/12 · Escola Artística António Arroio
16:10 | Curtas do Mundo

11/12 · A Sala
21:00 | Programa Associado*
14/12 · Auditório da Biblioteca Orlando Ribeiro
11:30 | Amiguinhos
15/12 · Auditório Carlos Paredes
11:30 | Amiguinhos
21/12 · Auditório da Biblioteca de Marvila
15:00 | Amiguinhos
21/12 · Cinemateca Portuguesa
21:30 | Programa Especial
28/12 · A Padaria do Povo
11:00 | Amiguinhos
LOURINHÃ
7/12 · Centro Cultural Dr. Afonso Rodrigues Pereira
15:00 | Amiguinhos
MADALENA (PICO)
13/12 · MiratecArts
10:15 | Programa Especial
21:00 | Programa Especial
MAIA
17/12 · Instituto Universitário da Maia
14:00 Novas Curtas Portuguesas
15:30 Programa Associado*
ODIVELAS
8/12 · Centro Cultural da Malaposta
11:00 | Amiguinhos
14/12 · Centro Cultural da Malaposta
15:00 | Curtinhas Para Todos
OVA R
21/12 · Cinema Dolce Espaço
11:15 | Programa Associado*
11:45 | Programa Associado*
12:15 | Programa Associado*
12:45 | Programa Associado*
13:50 | Programa Associado*
14:30 | Programa Associado*
15:00 | Programa Associado*
15:30 | Programa Associado*
18:00 | Programa Associado*
21:00 | Programa Associado*

PORTO
21/12 · Mira Forum (Shortcutz Porto)
21:00 | Programa Associado*
18/12 · Aula Magna da Faculdade de Belas Artes do Porto
15:00 | 20 Anos Agência
21/12 · Cinema Trindade
19:00 | Programa Especial
21/12 · Passos Manuel (Há Filmes na Baixa)
22:00 | Novas Curtas Portuguesas
SARDOAL
18/12 · Centro Cultural Gil Vicente (Espalhafitas Cineclube)
21:30 | Curtas do Mundo
SETÚBAL
21/12 · Cinema Charlot
16:00 | Novas Curtas Portuguesas
21:30 | 20 Anos Agência
TAVIRA
19/12 · Cineclube de Tavira
21:00 | Novas Curtas Portuguesas
TOMAR
21/12 · Cineclube Tomar
11:00 | Amiguinhos
15:30 | 20 Anos Agência
TORRES VEDRAS
8/12 · Bang Venue
10:30 | Amiguinhos
15:00 | Amiguinhos
17:00 | Amiguinhos
15/12 · Bang Venue
10:30 | Curtinhas Para todos
15:00 | Curtinhas Para todos
17:00 | Curtinhas Para todos
15/12 · Teatro-Cine de Torres Vedras (Café com Filmes)
16:30 | Programa Especial*
VILA DO CONDE
20/12 · Auditório Luis Soares (ESMAD)
17:00 | Programa Associado*

22/12 · Teatro Municipal (Cineclube de Vila do Conde)
15:00 | Amiguinhos
16:00 | Curtas do Mundo
21:00 | Curtas do Mundo
VILA NOVA DE FAMALICÃO
20/12 · Fundação Cupertino Miranda
10:00 | Programa Associado*
14:30 | Programa Associado*
VILA REAL
3/12 · Pequeno Auditório Teatro Municipal
21:30 | Novas Curtas Portug uesas
VILA VERDE
13/12 · Auditório da Casa do Conhecimento
10:00 | Curtas do Mundo
14:30 | Curtas do Mundo
16/12 · Escola Secundária de Vila Verde
10:00 | Curtas do Mundo
12:00 | Curtas do Mundo
15:00 | Curtas do Mundo
17:00| Curtas do Mundo
VISEU
21/12 · Incubadora do Centro Histórico (Shortcutz Viseu)
15:00 | Curtinhas Para Todos
22:00 | Curtas do Mundo
*Os programas definidos na agenda como “Programa Associado” são da inteira
responsabilidade das entidades associadas.
As condições de acesso a todas as sessões de cinema são definidas pela entidade
parceira responsável por cada exibição.

ODMC NA TV!
Para além das sessões de cinema em agenda, O Dia Mais Curto está na televisão
por todo país, com a exibição de curtas-metragens e programas dedicados.
CINEMAX CURTAS
(RTP 2)
(19/12)
Programação especial O Dia Mais Curto: 24:00 IN BETWEEN de Samir Karahoda,
TO PLANT A FLAG de Bobbie Peers; RIDE de Paul Bush, RIO ENTRE AS
MONTANHAS de José Magro.
TVCINE & SÉRIES
(TVC2)
(21/12)
Programação especial O Dia Mais Curto: 19:40 CARNE de Carlos Conceição;
20:05 O HOMEM DE TRÁS-OS-MONTES de Miguel Moraes Cabral; 20:35 3 ANOS
DEPOIS de Marco Amaral; 20:50 AQUAPARQUE de Ana Moreira; 21:10 FLORES
de Jorge Jácome; 21:40 AGOURO de David Doutel, Vasco Sá.
CANAL 180
(21/12)
Programação especial O Dia Mais Curto: 22:00 FALL RIVER de Jamil McGinnis  e Pat Heywood, SANDY de Dylan Hansen-Fliedner, COLOR OF NOVEMBER de  Tanmay Chowdhary, LEAVING HOPE de Caspar Newbolt, RONA de Joe Wheatley,  HOUSEPLANTS de Prashanth Kamalakanthan, GET OUT FAST de Haley Elizabeth  Anderson, COMMON STRUCTURE de Anne Hollowday e Bill Kirstein. ODMC EM MOVIMENTO!
O Dia Mais Curto será celebrado em movimento, entre os pontos de partida e  chegada das ligações de transportes públicos da Metro do Porto (estações e  veículos com Metro TV) e aviões de longo curso da TAP (Tap Air Portugal).
ODMC NA WEB!
WWW.AGENCIA.CURTAS.PT
A Agência da Curta Metragem disponibiliza no seu website, entre o dia 14 e o dia  21, quatro curtas-metragens portuguesas para visualização online gratuita!
FILMIN.PT
A Filmin, a plataforma VoD para ver o melhor cinema online, apresentará um  programa especial de curtas metragens nacionais dedicado a’O Dia Mais Curto.
Oportunidade para conhecer novidades, clássicos, cinema independente e de  autor.

SESSÕES PARA ESCOLAS
Alunos de várias escolas terão a oportunidade de participar na festa da curta- metragem com sessões programadas criteriosamente para cada faixa etária,  complementando e diversificando os conteúdos programáticos das disciplinas.
Todas estas sessões serão acompanhadas de uma ficha pedagógica, de forma  a prolongar os assuntos abordados em cada filme para a sala de aula, e o  desenvolvimento de competências e reflexão sobre a imagem em movimento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *