OSSO EXÓTICO – 20 DE MARÇO

O Pyrgo de Chaves – TEATRO MARIA MATOS

Um dos fundamentais projectos experimentais portugueses estreia a sua nova peça numa matiné no palco do Teatro.

David Maranha, Patrícia Machás e Manuel Mota dedicam-se aos instrumentos convencionais, André Maranha e Francisco Tropa a outras fontes sonoras e a projecções de imagens num jogo minuciosamente calculado de luz e som, de sombras e percussões.

Entre Janeiro e Março de 2010, os Osso Exótico apresentaram na Fundação Serralves (Porto), na Appleton Square (Lisboa) e no Beursschouwburg (Bruxelas) O Vapor Que Se Eleva Do Arroz Enquanto Coze, uma das peças que define melhor o actual estado de alma deste projecto: David Maranha, Patrícia Machás e Manuel Mota dedicaram-se aos instrumentos convencionais, André Maranha e Francisco Tropa a outras fontes sonoras e a projecções de imagens arquitectando um som que orbitou entre o rigor tenso dos instrumentos de teclas e a guitarra sinuosa de Manuel Mota, aliado a um contraponto visual, também minimal, de projecções de figuras fora de escala, equilibrando na perfeição o que o grupo lisboeta quer fazer dentro de um campo artístico muito alargado. Sons e imagens tornam-se formas plásticas, moldáveis ao longo do tempo, jogando habilmente com a nossa percepção. Levando ao limite a nossa aproximação ao seu univ erso, os Osso Exótico propõem uma nova peça, convidando o público para se sentar em seu redor, no palco, atraindo diferentes perspectivas das suas novas composições.
Osso Exótico David Maranha, Patrícia Machás, Manuel Mota, André Maranha, Francisco Tropa.

domingo 20 Março 18h00
Palco da Sala Principal
12€ / <30 anos 6€ M/3

Autor: Marisa Dias Antunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *