WOW, a mais recente criação de Sónia Baptista, estreia na Culturgest

 

© Maayan Sophia Weisstub

No seu novo espetáculo, Sónia Baptista aborda os conceitos do belo, do feio e do sublime. Será a beleza uma mera distração do que realmente importa? Poderá a feiura conduzir-nos à verdadeira perceção do sublime?

WOW estreia no dia 13 de janeiro, às 21:00, no Grande Auditório da Culturgest, sendo apresentado também nos dias 14, às 21:00, e no dia 15, às 19:00.

13 – 15 JAN 2022 – QUI E SEX 21:00, SÁB 19:00

Em épocas históricas, como na antiguidade grega, o belo e o bom eram considerados conceitos inseparáveis. A contemplação da beleza deveria produzir maravilhamento e deleite, assim como aproximar o espetador de um desejo de justiça e um anseio por ideais superiores. Contudo, ao longo dos tempos, o culto da beleza tem tido também os seus detratores.
Ao procurar, na sua génese, repensar os conceitos de belo, feio e sublime, WOW traz-nos a desconstrução destes conceitos num espetáculo de dança que privilegia o som, quer seja através de música, ruídos, voz falada ou voz cantada. A música original é da responsabilidade de Eduardo Roan, a partir da obra de Antonio Vivaldi.

WOW é criado e interpretado por Sónia Baptista, Joana Levi, Gaya de Medeiros e Cire Ndiaye, com participação especial, em palco, de Inês Gonçalves. Surge de uma continuação do trabalho The Anger! The Fury! e da vontade da equipa construir uma dramaturgia que pensa além do que é consensual e confortável.

Os bilhetes para WOW custam entre 5€ e14€ (ver descontos) e estão à venda na Culturgest e na rede Ticketline.

Sobre Sónia Baptista
Sónia Baptista tem formação em Dança Contemporânea, pelo Fórum Dança. Obteve, com distinção, o grau Master Researcher in Choreography and Performance, pela Universidade de Roehampton (Londres). O seu trabalho explora diferentes linguagens passando pela dança, performance, música, literatura, teatro e vídeo. Entre as produções de Sónia Baptista, é possível destacar a estreia, no Festival Alkantarade Assentar sobre a subida das águas (2016)Querer do Corpo, Peso (2017), no teatro São Luiz e The Anger! The Fury! (2020), no mesmo equipamento cultural.

CRIAÇÃO E INTERPRETAÇÃO
Sónia Baptista

CO-CRIAÇÃO E INTERPRETAÇÃO
Joana Levi

Gaya de Medeiros
Cire Ndiaye

PARTICIPAÇÃO ESPECIAL
Inês Gonçalves

DESENHO DE LUZ
Daniel Worm

ESPAÇO CÉNICO E ADEREÇOS
Raquel Melgue
Mariana Gomes

MÚSICA ORIGINAL (A PARTIR DE ANTONIO VIVALDI)
Eduardo Raon

DESENHO DE SOM
Rodrigo Gomes

FiGURINOS
Lara Torres
Sónia Baptista

VÍDEO
Raquel Melgue

COACHING VOCAL
Rita Carolina Silva

FOTOGRAFIA DE CENA
Joana Dilão

PRODUÇÃO
AADK PORTUGAL

CO-PRODUÇÃO
Culturgest
Teatro Viriato
Citemor

APOIO
Estúdios EVC
Rua das Gaivotas6

AGRADECIMENTOS
Maria Filomena Molder
Liliana Coutinho
Cintya Hartman
Julieta Aurora Santos
Paula Garcia
Mark Deputter
Patricia Portela
Armando Valente
Mariana Ricardo
Ana Pais
Pedro Barreiro
David Cabecinha
Nuno Fonseca

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

LinkedIn
Share
YouTube
Instagram
RSS
EMAIL