Musica

"O Quarto de Anaquim"

JÁ EDITADO

Banda encontra-se com os fãs nas Fnac antes dos concertos de apresentação

O novo álbum dos Anaquim, "O Quarto de Anaquim", é editado hoje. Disponível em CD e em formato digital, o sucessor de "As Vidas dos Outros" leva a banda a encontrar-se com os fãs este fim-de-semana nas lojas FNAC. Hoje, às 22h, os Anaquim estão no Fórum Coimbra; amanhã sobem para o Porto onde actuam às 17h, em Santa Catarina, às 22h no Marshopping; e domingo, no Gaiashopping, às 17h.
"Meio Caminho Andado" e "Optimista" são os singles de antecipação d'"O Quarto de Anaquim", álbum onde a banda se apresenta num cruzamento entre as origens e os novos caminhos, por onde passam os bluesman que venderam a alma ao diabo, os vagões rumo a Nova Orleães, as raízes do country e do jazz e a sua transformação pelos primos europeus. Esse cruzamento, entre o velho e o novo mundo, só podia ocorrer em Portugal, expressar-se nas suas contradições, no seu quotidiano saudosista e visionário, na dúvida do seu optimismo e no bater do seu relógio. Mais especificamente, esse cruzamento só podia ocorrer no quarto de Anaquim.
Aos showcases nas lojas FNAC seguem-se os concertos de apresentação deste quarto registo de originais. José Rebola (voz e guitarras), Pedro Ferreira (teclados), Luís Duarte (guitarra), Filipe Ferreira (baixo) e João Santiago (bateria) tocam na Casa da Música, no Porto, a 8 de Novembro; no Teatro Ibérico, em Lisboa, a 1 de Dezembro; e no Convento São Francisco, em Coimbra, dia 6 de Dezembro.
Sucessor de “As Vidas dos Outros” (2010), “Desnecessariamente Complicado” (2012) e “Um Dia Destes” (2016), “O Quarto de Anaquim” marca o regresso da banda aos originais, depois da edição digital de "Anaquim - 10 anos ao Vivo", que registou o concerto do 10.º aniversário no Convento São Francisco, que contou com a participação de Ana Bacalhau, Jorge Palma, Luísa Sobral e Viviane. Recorde-se que este registo ao vivo é composto por 10 temas e um extra, o inédito "Relógio", oferta para quem comprar o disco na íntegra.
Trata-se, assim, de um esperado regresso dos autores dos radiofónicos "As Vidas dos Outros", “Na Minha Rua”, “Sou Imune ao Teu Charme” e "Apontar é Feio", com o mesmo romantismo, ironia e sentido de humor.

Autor: ilda pires
Data: 02/11/18


COMENTÁRIOS