JOANA ESPADINHA “O MATERIAL TEM SEMPRE RAZÃO” NO TEATRO VILLARET

BENJAMIM, LUÍSA SOBRAL E SAMUEL ÚRIA CELEBRAM COM JOANA ESPADINHA

 

O Teatro Villaret em Lisboa, foi o palco escolhido para a celebração de “O Material Tem Sempre Razão”, o último trabalho da Joana Espadinha que foi publicado precisamente há um ano e que tem motivado rasgados elogios à cantautora.

Com participação especial na festa, os amigos Benjamim, Luísa Sobral e Samuel Úria juntar-se-ão a Joana e banda num concerto que promete uma visita exemplar ao melhor do léxico da pop produzida em Portugal. Se os convidados são insuspeitos que declarar sobre de “O Material Tem Sempre Razão” e conjunto de canções que Joana Espadinha criou?

No ano transacto fez um convite aos nossos corpos e corações com a canção “Leva-me a dançar”. E levou-nos de imediato – a abanar a anca mas também a activar a circulação das emoções ao som da sua voz forte e cristalina, emancipada e sedutora.

De declaração romântica, esta canção passou a um dos mais profundos marcos da música nacional de 2018. Foi a primeira canção da lista de melhores canções pela VICE, a mais votada pelo público do A3.30, integrou as dez melhores canções listadas pela ANTENA 3 e foi a primeira canção lançada de um disco considerado um dos melhores trabalhos do ano pela BLITZ, ALTAMONT, EXPRESSO ou OBSERVADOR, entre outros.

Os que assistirem a este concerto terão o repertório de “O Material tem sempre razão” a proporcionar-lhes as várias perspectivas e histórias de amor e de vida, narrativas típicas do “coming of age” constituídas por canções intemporais em que em cada refrão nos reconhecemos ou, como fomos lendo nos múltiplos artigos escritos a propósito deste disco: ““O Material Tem Sempre Razão” é um mergulho no património da música portuguesa e no legado de vozes como as de Lena d’Água ou Gabriela Schaff, inspirando-se em artistas como Air, Stereolab, Aimee Man, Feist ou ainda nas bandas sonoras francesas e na electrónica sensual dos anos 60.”

Os bilhetes já se encontram à venda  com o valor unitário de 12,50€

Joana Espadinha – voz, teclado
Margarida Campelo – teclado, coros
João Firmino – guitarras, coros
Francisco Brito – baixo
Nuno Sarafa – bateria, percussão

Convidados: Benjamim, Luísa Sobral e Samuel Úria