Live@A Casinha – Concertos de 11 a 17 fevereiro

Ricardo Ribeiro a memorável voz, “uma vez ouvida, jamais esquecida” in Expresso.

Ricardo Ribeiro vai apresentar neste seu concerto no @ Live A Casinha várias composições de sua autoria e não só. Não deixem de ouvir em primeira mão algumas canções que foram criadas durante a quarentena!!!
Ricardo Ribeiro na versão voz e violão, num formato intimista como se estivesse a cantar só para si, na sua sala!

Detentor de discos de ouro e vários prémios, ao longo da sua carreira Ricardo Ribeiro tem mostrado a variedade do seu trabalho e outros caminhos, além do fado. Trabalha com músicos como o alaudista/compositor Rabih Abou-Khalil, com quem grava e canta e com quem cria trabalhos como a “Toada de Portalegre”, poema de José Régio, musicado pelo compositor libanês, apresenta projectos como o “Tributo a José Afonso”, ou o seu mais recente trabalho:
“Respeitosa Mente”, um disco que sai do fado, entrando nos caminhos do Jazz. Tendo poesia de enorme sensibilidade, é feito em parceria com o pianista português João Paulo Esteves da Silva, nome incontornável do jazz, e o percussionista norte-americano Jarrod Cagwin, especialista em ritmos asiáticos, nomeadamente do Médio Oriente, que também costuma acompanhar Abou-Khalil.

Ricardo Ribeiro é um artista variado, cujas apresentações nunca nos deixam indiferentes.

Comprar Bilhete
Entrada – 5€

 

Comprar Bilhete
Entrada – 5€

A sonoridade dos Catraia é claramente enraizada na tradição, mas cultivada pelas suas próprias mãos.

O Fado, a guitarra portuguesa, os tambores e as marchas populares são os ingredientes de todas as melodias a que se juntam a melancolia do sul de Portugal, os ritmos da tradição folclórica e o tempero de toda a lusofonia.

Em atividade desde 2013, a banda liderada pela voz de Inês Bernardo (finalista do Festival da Canção 2011) já editou o disco “Banda da Catraia”, tocou em diversos festivais e auditórios, abriu em 2018 o concerto de Mariza em Leiria e já deixou a sua marca em Espanha por diversas vezes: “A Catraia foi a revelação da noite com os seus ritmos contagiantes e a simpatia da sua cantora (….). A sua voz e estética doce contrastaram com o potente concerto desta banda portuguesa que reinventa o fado com toques pop e que apresentou várias canções do seu próximo trabalho.” – in Agencia EFE.

A esta voz doce se juntam Ricardo Silva na guitarra portuguesa, Rui Amado na guitarra clássica, Paulo Bernardino nos sopros e teclas, Adelino Oliveira no contrabaixo, e João Maneta nas percussões.

No decorrer deste ano e enquanto preparam novo disco, a ser editado no início de 2021, os Catraia foram escolhidos por Manuel Moura dos Santos, como convidados mistério no programa da RTP1, “A Batalha dos Jurados”, e receberam um caloroso apoio por parte do público.

Um espetáculo de harmonias ricas e melodias recortadas, enraizadas na tradição, mas modernas na sua expressão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *