Setúbal: Mês do Teatro inspirado em Shakespeare

Setúbal vai iniciar as comemorações do Dia Mundial do Teatro, que preenchem a agenda cultural da cidade de Setúbal até 2 de abril

Mes do Teatro Setubal 2020O mês dedicado ao Teatro foi inspirado pela vida e obra de William Shakespeare. Serão apresentados perto de cinquenta espetáculos, formações e cinema, em várias salas e espaços públicos do Concelho de Setúbal, dirigidos a todas as faixas etárias.

No Dia Mundial do Teatro (27 de março) em Setúbal ocorrerá a estreia da peça “Valentin Valentin”. Trata-se da última produção do Teatro Animação de Setúbal (TAS), inspirada no dueto Karl Valentin-Liesl Karlstadt.

Na Casa da Cultura de Setúbal, no dia 1 de março, às 11h00, a Companhia Valdevinos – Teatro de Marionetes apresenta “O som das coisas”, que proporcionará uma viagem contada através dos sons e da musicalidade dos objetos que habitam a nossa casa.

No dia 15, será a vez de dar lugar ao teatro de marionetas, Partículas Elementares, com o espetáculo para bebés, Ninho baseado no livro “Segredo”, de Miguel Torga.

LUGAR-ABRIGO, é m espetáculo participativo da autoria do Ricardo Guerreiro Campos, terá lugar nos dias 24 e 28 de março, e retrata um país fragmentado que, em alto mar navega perdido, lembra a sua história e procura uma nova casa onde possa dar as mãos ao passado e ao futuro.

Dedicado à comunidade educativa, decorre, também, a peça “Couve Rosa, Morango Amarelo”, interpretada por Graça Ochoa, que retrata a igualdade de género, e a reposição do “Auto da Barca do Inferno”, de Gil Vicente, pelo TOMA – Associação Cultural.

O Fórum Municipal Luísa Todi vai receber a Ópera Simplex. Este espetáculo, agendado para o dia 14 de Março, cruza a ópera cómica com multimédia e manipulação em tempo real de elementos audiovisuais, para colocar em cena os desafios trazidos pela tecnologia numa aldeia do interior do país.

No Dia 8 de Março, dia Internacional da Mulher, sobe ao palco a peça “Desculpa, não percebi”, de Minutos Redondos. O texto foi escrito e encenado por três mulheres que levantam dúvidas e interrogações sobre vários aspetos da vida.

Ainda no Fórum Municipal Luísa Todi, no dia 10 de março, Setúbal acolhe, pela primeira vez “As Obras Completas de William Shakespeare em 97 minutos”. Esta produção revisita as 37 obras de Shakespeare e envolve o público de tal forma que os espetadores acabam por ser parte integrante da peça. O espetáculo terá uma sessão especial para as escolas, durante o dia. A sessão da noite é aberta ao público em geral.

As comemorações integram, também, a segunda edição da Amateatro – Mostra de Teatro Amador de Setúbal. Esta mostra procura dar protagonismo às coletividades, associações e escolas, contribuindo, desta forma, para a divulgação e sensibilização do teatro, através de uma política de descentralização, estabelecendo parcerias e promovendo o intercâmbio cultural entre as freguesias do concelho. Este ano abraçam o projeto, o Clube Teatro de Sombras Coloridas da Escola Básica de Azeitão, o Teatro Puzzle (APPACDM de Setúbal), o Projeto Gotinha d’Água (Água Ardente), o Teatro PERPETUUS (SFPA), o Grupo de Teatro do Instituto Politécnico de Setúbal, o Núcleo dos Amigos do Bairro Santos Nicolau e o TOMA – Associação Cultural.

Outra componente deste ciclo é a valorização da formação e captação de novos públicos.

Nesse sentido, a programação inclui um conjunto de atividades e iniciativas, como workshops e residências artísticas, dirigidos ao público em geral e também aos profissionais e estudantes de artes performativas.

“Falar Shakespeare”, por Luís Moreira é apenas um exemplo, que terá lugar na Gráfica – Centro de Criação Artística (antigos armazéns “Papeis do Sado”), durante 7 dias e é uma espécie de manual prático sobre a linguagem do encenador e dramaturgo William Shakespeare e a Dança Aérea com a formadora Inês Oliveira.

Este mês dedicado ao teatro, oferece ainda um leque de formações que se cruzam entre si.

Intitulada “Formação a 5 mãos”, sob a direção de vários profissionais da área do teatro, nomeadamente Graça Ochoa, Célia David, José Nobre, Tiago Bôto e Wagner Borges, que culminará numa apresentação pública a 28 de março no Auditório da Galeria do 11.

Ainda na área da formação, decorrerá um esclarecimento sobre a criação de candidaturas de apoio às artes e a criação de marionetas e teatro de sombras.

As inscrições podem ser efetuadas na Casa da Cultura de Setúbal ou consultando o programa integral em https://www.mun-setubal.pt/shakespeare-inspira-mes-do-teatro/ com a descrição de diferentes formulários online.

No campo cinematográfico, o Espaço 50 Cuts exibe “Os Contos dos Crisântemos Tardios”, um filme de Kenji Mizoguchi sobre as tradições do teatro japonês no dia 27.

Informação da Câmara Municipal de Setúbal. Link aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *