Super Bock em Stock 2019 com novos nomes

Programação da Sala Santa Casa na Garagem EPAL conta com as curadorias de dois nomes consagrados da música nacional.

The Legendary Tigerman apresenta:
CLUB MAKUMBA
ANGÉLICA SALVI

Capitão Fausto apresentam:
RAPAZ EGO
ZARCO

22 e 23 de novembro
Avenida da Liberdade, Lisboa

A programação da Sala Santa Casa (Garagem EPAL) conta a curadoria dos Capitão Fausto e The Legendary Tigerman, dois nomes consagrados da música nacional e com uma forte ligação ao Super Bock em Stock, que sugerem novos valores da música portuguesa, que andam a ouvir e que querem partilhar com o público do Festival. As escolhas já estão feitas: os Capitão Fausto escolheram Rapaz Ego e Zarco; já The Legendary Tigerman Club sugere Club Makumba e Angélica Salvi.

RAPAZ EGO

Facebook | Vida Dupla

Rapaz Ego é a kryptonite de Luís Montenegro (teclista e compositor nos Salto). Depois do EP “Gente a Mais”, feito em apenas uma semana na ida primavera de 2016, este Rapaz regressou a todo o vapor neste ano de 2019 com o lançamento digital de “Vida Dupla”, o single que dá nome ao disco que aí vem, com data prevista de lançamento para 2020. E porque um single nunca vem só, “Ponto Cruz”, a segunda amostra do novo disco, também chegou antes do verão. O que resta do ano será dedicado a desvendar gradualmente, em lançamentos e em concertos, o disco que se avizinha. E uma boa oportunidade para ficar a conhecer mais temas deste Rapaz Ego surge já em novembro, no Super Bock em Stock.

ZARCO

Facebook | Há Fruta Para Todos

Após a estreia em 2017 com o EP Zarcotráfico, os ZARCO editam agora o seu primeiro longa duração, “Spazutempo”, pela Cuca Monga. “Vitamina Z”, single de apresentação do disco, foi lançado em agosto de 2019. A ligação dos ZARCO ao teatro é uma constante da banda, o que também se explica pela relação próxima com a companhia de teatro “As Crianças Loucas”. Essas colaborações também acabam por influenciar o som da banda e as suas atuações, ora mais fugazes, ora mais festivas. E a banda não esconde a vontade de dar muita vida a “Spazutempo”, também ao vivo. Ainda antes do lançamento do disco, em julho a banda editou o single “Há Fruta Para Todos”, em colaboração com o duo brasileiro Venga Venga, dando assim o mote para uma digressão de verão. Mas o outono promete ser ainda melhor, com a presença dos ZARCO na edição de 2019 do Super Bock em Stock.

 

THE LEGENDARY TIGERMAN APRESENTA…

CLUB MAKUMBA

Tó Trips | João Doce “Sumba”

João Doce conheceu Tó Trips em 2004, na tour dos Wraygunn. Logo ali nasceu uma forte amizade e, mais tarde, surgiu também a ideia de fazerem alguma coisa juntos. O plano inicial era simples: Tó Trips na guitarra e João Doce na percussão. O EP “Sumba”, gravado e masterizado por Eduardo Vinhas no Golden Poney Studios, nasceu dessa necessidade criativa de dois músicos. É um exercício livre, espontâneo, experimental e tribalista. E esse caminho continua a ser feito, agora com Club Makumba. De forma a aumentar a palete de cores e ambientes, Gonçalo Prazeres, saxofone, e Gonçalo Leonardo, contrabaixo, juntam se à banda de Tó Trips e João Doce. Club Makumba tem influências de música mediterrânica, numa geografia primitiva sem qualquer preconceito no que diz respeito a raízes e fronteiras. A convite de Legendary Tigerman, os Club Makumba dão o seu primeiro concerto no próximo Super Bock em Stock, no Palco Santa Casa na Garagem EPAL.

ANGÉLICA SALVI

Phantone

A harpista espanhola Angélica Salvi, radicada no Porto desde 2011, dedica-se à improvisação e à música contemporânea e eletroacústica, explorando várias técnicas de preparação e amplificação do instrumento, sempre na busca de novos timbres e sonoridades. A harpista convida o público a mergulhar nos seus referenciais emocionais e espirituais, servindo-se deles como o guião de um sonho. Partindo da acrobacia do respirar (inalar, exalar) e da dinâmica das marés, Salvi explora o universo da repetição numa invocação cósmica e estruturada do transe num movimento magnético e sincopado. Nesta viagem interior, onírica e intimista, o público é guiado por caminhos sinuosos e tropicais, numa experiência potencialmente xamânica, por sonoridades ambíguas e multifacetadas, desde Papé Nziengui a Alice Coltrane. A descobrir no próximo Super Bock em Stock.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *